Da importância de reutilizar tecidos: o caso da Insecta Shoes

Nem todo mundo sabe, mas a Insecta nasceu da mistura de um brechó com uma iniciativa de sapatos artesanais. A ideia era usar roupas estampadas, que estavam no brechó de uma das fundadoras para dar um charme especial para os sapatos manufaturados de outra (a Babi Mattivy, com seu brechó e a Pam Magpali com seus sapatos).

O desenvolvimento da marca foi em cima da vontade de criar um produto que fosse uma alternativa ao mercado da moda, já saturado de maus exemplos e empresas antiquadas. O sapato deveria atender àquelas pessoas preocupadas com os impactos sociais e ambientais que a grande indústria gera. Aos poucos (e sempre) a Insecta foi buscando reduzir cada vez mais suas marcas no meio-ambiente, desenvolvendo novas formas de produção do sapato, que hoje conta com reciclagem de borracha e PET, peças de roupas, assim como os tecidos reuso.

Sabe aquela frase: “O produto mais verde é aquele que já existe, porque não depende de novos recursos naturais para ser feito”, do John Donahoe? Pois bem, esse é o lema da Insecta, que pelo caminho cruzou aqui com o Banco de Tecido. A equipe da Insecta conheceu a gente através de uma matéria em que aparecemos na Folha de São Paulo e discutiu nossa iniciativa em uma das suas reuniões. Depois disso, a Laura marcou uma reunião com a Lu Bueno onde acabaram firmando parceria. Além de usar roupas vintage, a Insecta passou a trabalhar com a gente enquanto fornecedores de tecidos de reuso e se tornou nossa correntista, depositando seus excedentes e sacando tecidos novos do nosso acervo.

O legal das duas iniciativas, a Insecta e o Banco, é a sensação de estarmos sendo cercados por gente que vem pensado diferente, perceber que o espírito do nosso tempo é a criatividade, como forma de gerar soluções para os problemas e impactando positivamente as pessoas no caminho. Não só isso, mas ver que esse tipo de discussão sobre responsabilidade pessoal frente aos problemas sociais e ambientais, vem tomando espaço e sendo considerada na vida de cada um.

 

Por Insecta Shoes e Banco de Tecido

 

Quer conhecer mais do trabalho feito na Insecta?

Site: www.insectashoes.com

Facebook: www.facebook.com/insectainsecta/

Instagram: @insectashoes