Banco de Tecido apresenta: JONNATAS SOUZA

Jonnatas sempre gostou de moda, principalmente por causa da ousadia e das inúmeras possibilidades que ela permite. Estudante de Design de Moda, ficou mega interessado quando sua grande amiga, Andressa Burgos, contou que estava trabalhando em um lugar que ele mesmo chamou de "descolado e único": o Banco de Tecido. Jonnatas confessa que ficou bastante curioso para conhecer o universo de peças, tamanhos e texturas que o Banco poderia oferecer para as suas criações e logo foi convidado pela Andressa para fazer alguns trabalhos pontuais aqui com a gente, onde acabou conhecendo a Lu Bueno, que o convidou outras vezes para integrar a equipe.

Observador de carteirinha, sua criatividade vai elaborando combinações diversas - ou as mais loucas, segundo o próprio - de acordo com os tecidos que ele vê aqui no Banco ou em outros lugares. O processo criativo dele funciona mais ou menos assim: as ideias chegam e vão tomando corpo dentro da cabeça do Jonnatas, que sempre procura desenhar os croquis do que pretende produzir. Foram diversas as vezes que ele chegou a criar coleções inteiras no papel antes de encontrar os materiais que seriam necessários. Depois, ele vai lapidando as peças até chegar na produção propriamente dita, que é quando ele escolhe as modelos, o cenário ou locação, a luz, o enquadramento ideal...

Jonnatas costuma brincar dizendo que tem uma fábrica interna de criações mentais! A paixão que ele tem por moda, e por criar moda, é evidente! Seus insights criativos, muitas vezes, surgem enquanto está assistindo filmes, lendo revistas e livros, visitando o perfil do Instagram de alguém que admira e de pessoas e marcas que descobre através da mídia ou até mesmo em sonhos! O Banco de Tecido, em meio a este processo todo, acaba se tornando um parque de diversões que o ajuda a dar vida para essas criações! <3

Texto por Banco de Tecido | Jonnatas Souza